Review: Nokia Lumia 920

Aparelho tem ótima tela, boa construção e hardware equilibrado para o Windows Phone 8

Por e , de INFO Online
• quarta, 20 de março de 2013
//

Avaliação

Prós: 4G; bom desempenho; qualidade da tela; GPS
Contras: Sem entrada para cartão microSD;
Conclusão: Aparelho é o que oferece a experiência mais completa para o universo Windows Phone 8.
8.4
R$ 1.999
Comparar
  • 0
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
Configuração 8,4
Usabilidade 8,3
Diversão 8,7
Bateria 7,9
Design 8,4

Avaliação de Airton Lopes / Para quem se prende apenas a especificações, mesmo com a conexão 4G no padrão brasileiro, o Lumia 920 pode parecer inferior aos Androids mais poderosos. Mas, na prática, a suspeita de performance inferior do smartphone da Nokia é logo dissipada. Nos testes, o que se viu foram respostas instantâneas e ótima fluidez para explorar os recursos do Windows Phone 8, cujo visual é praticamente idêntico ao do seu antecessor. Uma das novidades do sistema é o aprimoramento na execução de tarefas simultâneas. 

Outras, como a função de roteador Wi-Fi e o suporte a cartões microSD, corrigem omissões das versões anteriores do Windows Phone. O lamentável é que, mesmo assim, o Lumia 920 não vem com entrada para cartão, um recurso útil mesmo quando se tem 32 GB na memória interna. A câmera de 8,7 MP, por outro lado, é uma das melhores em smartphones quando o assunto é fotografar em modo macro e filmar em 1.080p com sistema de estabilização óptica. Apesar da espessura e do peso acima da média, o corpo esculpido em policarbonato é bonito e agradável de manusear.

Avaliação de Cauã Taborda / Com todos os recursos que a Nokia pode oferecer, o Lumia 920 assume a frente de comando com o Windows Phone 8. Construído com o mesmo corpo em policarbonato de peça única que já arrancou elogios em outros modelos da linha, o smartphone também traz um novo fôlego aos Lumia.

A primeira mudança impactante proporcionada pela nova versão do sistema é a compatibilidade com múltiplos threads. Graças a esse recurso, o Lumia 920 ganhou um processador Krait com dois núcleos de 1,5 GHz. A memória RAM saltou de 512 MB (Lumia 900) para 1 GB. O armazenamento interno é de 32 GB, uma forma de suprir a falta de entrada para cartão microSD. A ausência é um dos preços a se pagar pelo corpo em peça única. O outro é a impossibilidade de remover a bateria.

Com tecnologia PureView, a câmera do aparelho também promete oferecer resultados acima da concorrência (mas não superiores aos do 808). Outro destaque é a nova tela de 4,5 polegadas, que descrevemos abaixo.

//

Tela

Com uma resolução WXGA (1.280 por 768 pixels), ela também conta com as tecnologias ClearBlack e PureMotion HD+. A tecnologia ClearBlack é a que garante um brilho intenso de 600 nits e que torna a tela legível mesmo em dias ensolarados. A PureMotion HD+ é responsável por equacionar os pixels, a taxa de atualização e o aspecto da imagem.

Deixando de lado os nomes marqueteiros, analisamos o que de fato se traduz para o usuário. Com a maior densidade de pixels, as imagens estão muito mais definidas e a aparência geral do sistema melhorou muito. A proporção de tela é de 15:9, e não o tradicional 16:9. Essa é justamente uma das características do PureMotion HD+. A justificativa oficial é manter os cantos acessíveis ao dedo quando o aparelho é operado com uma única mão. Essa proporção também é a que mais se aproxima dos PCs, o que dá algumas vantagens de adaptação, como para jogos. Por outro lado, a maioria dos vídeos é confeccionada em 16:9, o que resultará em reprodução com bordas pretas. Em nossos testes essa característica não gerou nenhum desconforto.

Para lidar com a questão da sensibilidade, a Nokia se valeu dos drivers e painéis mais novos da Synaptics, mais especificamente, o conjunto chamado ClearPad 3250. A ideia é que o usuário seja capaz de usar o smartphone com luvas ou com uma caneta. Com efeito, esses cenários são possíveis: conseguimos utilizar o Lumia em ambos os casos. Contudo, não é possível dizer que o toque é tão preciso e confiável quanto quando utilizamos os dedos descobertos.

Mesmo sem resolução Full HD (1.920 por 1.080 pixels), que já aparece nos aparelhos topo de linha com Android, o resultado oferecido pelo Lumia 920 figura entre os melhores que já passaram pelo INFOlab e o colocam acima da média.

//

Construção

Pesando 185 g, o Lumia 920 não é o aparelho topo de linha mais leve do mercado, muito menos o mais fino. A parte mais espessa do aparelho tem 1,2 cm. As outras medidas são 7 cm (largura) e 13 cm (altura). Por outro lado, a Nokia conseguiu manter a mesma sensação do Lumia 900. Segurar o aparelho proporciona uma sensação agradável e que confere segurança. Boa parte disso se deve a seus cantos arredondados e ao aspecto aderente do pigmento usado no policarbonato. 

Em uma das laterais o aparelho traz três botões: uma alavanca de volume, um botão responsável por bloquear/desbloquear a tela e o dedicado à câmera. Poucos aparelhos oferecem um botão de câmera tão preciso. Com dois estágios, é possível acertar o foco sem tremer muito e pressionar o restante para gravar a imagem com agilidade.

O acesso ao cartão microSIM é feito por uma tampa na face superior, que deve ser aberta por uma chave especial que acompanha o aparelho ou por um clipe que entre no orifício. Essa é a única quebra no corpo. Sentimos falta de uma entrada para cartão microSD, já que há uma solução para o microSIM também haveria uma solução para a expansão de memória.

//

Câmera

O Lumia 920 é o segundo celular a ostentar a marca PureView. No entanto, tudo nele é diferente do 808. O CMOS do 920 tem um tamanho convencional para um smartphone, ou seja, é minúsculo perto do sensor do 808 (1/3” contra 1/1,2”). Isso já torna a câmera inferior, mas há outras características que merecem atenção. A mais óbvia é que a densidade de pixels aqui também é menor. No 808, a quantidade de pixels do sensor está diretamente relacionada à capacidade do software de realizar o efeito de redução de ruído. Isso é o que torna o PureView tão excepcional. No Lumia 920, o processo de oversampling que definia o PureView parece não ser repetido aqui, uma vez que as imagens finais não são muito menores do que a resolução total do CMOS.

Ainda assim, há pelo menos uma característica interessante nesse sensor. A resolução total dele é de 8,7 MP, o que significa que ele pode fazer cortes de proporção 16:9 maiores que o normal, efetivamente conferindo um ângulo de visão maior para a  câmera. No modo 16:9, a lente do 920 acaba tendo uma distância focal equivalente a 26 mm. No modo 4:3, a distância é de 28 mm.

O que de fato chama atenção na câmera do Lumia 920 é seu estabilizador óptico de imagem. Ao contrário dos aparelhos comuns, o modelo conta com um conjunto de molas que suspendem o vidro da objetiva. Isso faz com que a trepidação não afete de forma brusca o conjunto óptico. Em nossos testes, notamos a eficiência do sistema principalmente na gravação de vídeos. O resultado é muito superior ao oferecido por outros smartphones. Há também um benefício direto para as fotos, em especial para as registradas com tempo maior de exposição (à noite ou em ambientes fechados).

//

Apps

Comum a todos os aparelhos com Windows Phone, o Office é um dos destaques. A formatação dos documentos é perfeita e não fica devendo para a versão completa dos PCs. A visualização de planilhas é bastante cômoda e todos os recursos estão presentes.

Algo exclusivo da Nokia, que já faz parte do inventário da marca há muitos anos, é um excelente aplicativo de navegação por GPS. O Nokia Drive+ traz orientação curva a curva, ótimo layout, recálculo preciso e mapas offline. Essas características fazem dele um dos melhores aplicativos de orientação para smartphone já testados pelo INFOlab.

Com a proposta de ser um guia digital inteligente, o Nokia Lente combina a câmera, GPS e bússola do aparelho para mostrar na tela pontos interessantes da cidade e informações úteis para o usuário. O recurso de realidade aumentada é interessante, mas seu uso na prática depende de informações corretas no banco de dados, o que pode variar muito conforme a região do usuário. 

O pacote ainda inclui: Nokia Xpress (browser webkit, a primeira alternativa ao IE que já vi no WP); Angry Birds Roost (uma hub de jogos do Angry Birds que, ironicamente, não contém nenhum jogo pré-instalado); Carteira (hub de integração profunda para cartões e cupons que pode utilizar NFC para, por exemplo, validar pagamentos); Estúdio Criativo (editor de imagens simples da Nokia); Foto Inteligente (tira três fotos em modo automático e permite que usuário edite pontos da imagem e escolha a melhor foto); Jogos (hub para os jogos baixados na loja de aplicativos, contém as informações de perfil do Xbox Live); Melhores Apps (curadoria de aplicativos da Nokia); Nokia Care (contém uma série de dicas e guias para os recursos do telefone); Nokia Mapas (aplicativo de GPS mais focado na localização estacionária do usuário); Nokia Música (hub de música que mistura player, rádio e loja); OneNote (aplicativo de anotação); Transferir meus dados (transfere contatos e mensagens de texto de outro celular para o Lumia através do Bluetooth).

Outro recurso presente é o Glass. Ele permite que o Xbox 360 seja controlado pelo smartphone como se este fosse um touchpad. Não é uma solução completa, contudo. Assim que um jogo é iniciado, por exmeplo, o controle para de funcionar. Também não existem botões virtuais para Start e Home. Ademais, não se pode fazer streaming de conteúdo de um aparelho para outro através dele. O grande trunko do Glass é servir de tela extra apara os aplicativos e jogos do Xobx, à maneira do Game Pad no Wii U.

//

Vídeo

Reviews relacionados

///

Smartphones

Nokia Lumia 820

11/03/2013

Lumia 820 tem boa configuração e construção sólida. Ele é o primeiro WP8 com microSD

7.9
R$ 1.600

Smartphones

Nokia Lumia 620

13/03/2013

Mais barato que os outros modelos da linha, Lumia 620 oferece a mesma experiência com o sistema

7.6
R$ 899

Comentários

///
//

Ficha técnica

  • Conexão: 4G
  • Processador: Snapdragon S4 Krait dual core 1,5 GHz
  • Armazenamento: 32 GB
  • Câmeras: 8 MP e 1,3 MP
  • Peso: 185 g
  • Duração de bateria: 10h24min
  • Tela: 4,5
  • SO: Windows Phone 8

Categorias de Reviews

///

Reviews

///
INFO Online - Copyright © 2013, Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados. All rights reserved.