Simples, monitor AOC faz o básico

AOC e2250Sw peca por escassez de conexões

• 3 de outubro de 2011
Foto: Cauã Taborda
Avaliação
7.1 /10
423.00 reais
aoce2250Sw aoce2250Sw aoce2250Sw aoce2250Sw

nossa avaliação

prós Qualidade de imagem razoável; bom preço;
contras Escassez de conexões;
conclusão O e2250Sw é simples, mas se sai muito bem na relação custo/benefício;

ficha técnica

  • 21,5"
  • LCD com LED
  • 1920 x 1080 pixels
  • Contraste dinâmico: 20.000.000:1
  • Tempo de resposta: 5 ms
  • Entradas: 1 D-Sub
No afã de valorizar seus produtos, a indústria de eletrônicos tende a congestionar cada lançamento com funções extras. Mas, às vezes, nós só precisamos que um produto leve a cabo uma tarefa simples a um preço justo. Esse é o caso do monitor de 21,5 polegadas e2250Sw, da AOC, que é um monitor e ponto.

Assim sendo, o quesito qualidade de imagem ganha um peso maior na avaliação. Nesse ponto, o e2250Sw não decepciona, mas também não chega a impressionar. As especificações são medianas: resolução de 1920 x 1080, contraste dinâmico de 20.000.000:1, tempo de resposta de 5 ms e brilho de até 250 cd/m². O resultado real desses números é uma imagem legal, com boa definição e contraste razoável. É verdade que a luminosidade é ligeiramente menor que a da maioria dos monitores testados aqui no INFOlab, porém essa não chega a ser uma diferença significativa.

Em geral, o e2250Sw reproduz as cores com fidelidade. No entanto, em comparação com outros monitores similares, há uma leve tendência para o azul, o que dá um aspecto um pouco mais gelado às imagens.

Embora esse monitor tenha resolução FullHD (1080p), a única conexão disponível para transmitir imagens é a velha D-sub (o cabo VGA acompanha o produto). Vou repetir: a única. Não há USB, HDMI, DVI ou qualquer outra porta de entrada para o e2250Sw, o que só pode ser classificado como um tremendo desperdício de potencial. Claro, isso não o torna inútil, a D-sub ainda é amplamente utilizada em computadores. Por outro lado, o usuário vai depender de adaptadores avulsos para ligar um smartphone ou tablet, por exemplo, a essa tela.

Sutilmente inflexível, o e2250Sw pode ser inclinado 4° para frente e 12° para trás. De qualquer modo, o ângulo de visão também não é extraordinário e mantém a média da categoria. É possível dispensar a base e fixar o monitor em uma parede com a ajuda de quatro parafusos padrão VESA.

Há uma oferta bem completa de ajustes no menu de configuração da tela. Pode-se alterar o brilho, a cor, o contraste e até a posição e o grau de transparência do próprio menu. Os usuais padrões predefinidos também estão presentes: há pre-sets para “Filme”, “Esporte”, “Padrão” e outros.

Uma das opções que se destacam é a Picture Boost, que permite ajustar a imagem apenas em uma área do display definida pelo usuário. Em outras palavras, duas configurações diferentes podem ser usadas ao mesmo tempo para, por exemplo, otimizar a visão de uma câmera de videoconferência sem prejudicar o desempenho do resto da tela.

Apenas 5 botões físicos dão conta de controlar esses ajustes. Um deles é o “Auto”, responsável pelo ajuste automático da proporção de imagem, função extremamente necessária, considerando que a única entrada do monitor é uma D-sub analógica. O único problema mais sério com relação aos controles físicos é que a legenda de cada um deles não é muito visível, o que frequentemente obriga o usuário a se aproximar para enxergar qual botão está sendo pressionado.

A eficiência no uso da energia elétrica pelo e2250Sw surpreendeu um pouco. O fabricante anuncia um consumo de 23 watts, mas aqui no INFOlab nós medimos apenas 21 watts. A diferença com relação a monitores similares é bem pequena, mas já representa alguma economia.

O visual é mesmo visual de monitor de sempre: uma tela fosca emoldurada por plástico preto piano. O e2250Sw não é especialmente resistente ou leve, pesando 3,3 kg. As partes mais externas do monitor são relativamente finas, chegando à espessura de apenas 1,8 cm, mas essa característica não se mantém conforme se avança para o centro da tela.

Guia de compras

///

Reviews relacionados

///

Monitores

E2290 é o monitor ultrafino de 21,5"

15/07/2011

Modelo da LG tem qualidade de imagem acima da média

Review completo »
8.1/10
999.00 reais

Monitores

SmartTV T27A950: um monitor versátil

13/09/2011

Aparelho conta com 3D, TV digital e se conecta à internet

Review completo »
8.6/10
2399.00 reais

Comentários

///
10 Impecável. O produto é perfeito. Não há nada a ser melhorado.
9,0 - 9,9 Ótimo. Qualidade excepcional. É difícil, mas não impossível, aperfeiçoar alguma coisa.
8,0 - 8,9 Muito bom. Satisfaz as necessidades do usuário e é bastante superior à média do mercado.
7,0 - 7,9 Bom. Atende bem às necessidades do usuário, embora tenha alguns pontos fracos.
6,0 - 6,9 Médio. Seus pontos fortes superam as falhas e ele atende à maioria das necessidades.
5,0 - 5,9 Regular. Pode ser uma solução satisfatória para alguns usuários.
4,0 - 4,9 Fraco. Embora possa ser útil em algumas situações, o produto tem problemas substantivos.
3,0 - 3,9 Muito Fraco, As falhas são graves, anulando os eventuais pontos fortes.
2,0 - 2,9 Ruim. Não há atrativos a destacar; só pontos fracos.
1,0 - 1,9 Bomba. O produto é tão ruim que é difícil achar utilidade para ele.
0 - 0,9 Lixo. Você não deve aceitar esse produto nem de graça.