Multilaser Diamond vai bem na execução de vídeo

Mesmo com complicações no design, tablet pode chamar atenção

• 10 de maio de 2012
Foto: Cauã Taborda
Avaliação
7.6 /10
599.00 reais
multilaserdiamond multilaserdiamond multilaserdiamond

nossa avaliação

prós HDMI com saída em 1.080p e bom processador;
contras Não possui 3G, GPS e sensores adicionais;
conclusão Aparelho com altos e baixos; preço pode ser maior atrativo;

ficha técnica

  • Tela de 7”
  • Cortex A8 1,5 GHz
  • 512 MB de RAM
  • 8 GB + microSD
  • Wi-Fi 802.11 b/g/n
  • Android 2.3 Gingerbread
  • 5h10min de bateria
  • 323 g
Com uma carcaça feita de plástico preto brilhante, o Multilaser Diamond pode chamar atenção por seu tamanho compacto e tela de 7 polegadas. Sua tampa traseira traz um acabamento que, como sugere o nome, remete a um diamante. Os aficionados por tecnologia do INFOlab de imediato apontaram as semelhanças com o HTC Touch Diamond, um aparelho lançado em 2008 e que rodava o Windows Mobile 6.1.



Medindo 12 por 19,2 por 1,07 centímetros e pesando 323 g, o Multilaser Diamond oferece um manuseio confortável tanto na vertical como horizontal. A entrada de textos e navegação ocorre sem grandes problemas. No entanto, o design pode trazer complicações. Os botões “Menu”, “Home” e “Voltar” estão localizados abaixo da tela (posição retrato), onde também se encontram as conexões miniHDMI, microSD, miniUSB e P2. À direita dos botões, na porção inferior da face lateral, o usuário encontra os controles de volume e botão para ligar/desligar o aparelho. Os controles seguem na contramão da maioria dos gadgets, que trazem os botões de volume normalmente na extremidade oposta ao apoio das mãos. Essa característica torna o ajuste incômodo e a ação demora a se tornar costumeira. A única câmera de 1,3 megapixels, localizada na lateral direta dos botões, tem como foco as videochamadas. Sua posição também não favorece esse uso. O usuário deve segurar o tablet em pé para que uma conversa por Skype funcione da maneira correta. Isso é um problema, já que uma das mãos normalmente encobre a câmera. Na posição paisagem, é necessário inclinar o tablet para que o usuário fique no centro da tela, o que dificulta a digitação e até mesmo a visualização da outra pessoa.



A versão 2.3 do Android (Gingerbread) passou por pequenas modificações. Uma delas traz os mesmos botões da carcaça para a interface do sistema. As alterações mais significativas são os aplicativos pré-instalados. O player de mídia padrão foi substituído pelo 1026P. Além de ser compatível com vários formatos (MKV, AVI, RM/BMVB, FLV e MPEG-1/2), o 1026P pode realizar alterações nas legendas. Enquanto o vídeo é reproduzido, o usuário pode trocar a cor, tamanho e até o atraso ou avanço do texto em relação à imagem. A reprodução de vídeo também é destacada pela saída miniHDMI, que executou vídeos em 1.080p na TV sem nenhum engasgo e com legendas. Um ponto negativo é a única caixa de som de 1 W, que tem uma qualidade um tanto sofrível. O Diamond também inclui um gerenciador de arquivos, Angry Birds, Sega Sonic 4 EpI, MSN Live Messenger Pro, Twitter, Facebook, Tetris, Skype e outros. Não há um aplicativo para edição de documentos, como o Polaris Office.



A opção pelo Android 2.3 não chega a ser um problema. A proporção da tela, que conta com resolução de 800 por 480 pixels, permite a instalação dos aplicativos dedicados a smartphones sem grandes dificuldades. Por outro lado, ficam de fora versões adaptadas para tablets, próprias do Honeycomb e do novo Ice Cream Sandwich. O processador de 1,5 GHz dá conta de todas as tarefas sem nenhum problema, os engasgos podem acontecer com aplicações muito pesadas, já que a memória RAM se limita a 512 MB de RAM. O armazenamento interno de 8 GB está na média para os tablets de “entrada”.

Guia de compras

///

Reviews relacionados

///

Tablets

Positivo Ypy tem altos e baixos

13/12/2011

Aparelho da Positivo vem com aplicativos nacionais e Android totalmente traduzido

Review completo »
7.7/10
999.00 reais

Comentários

///
10 Impecável. O produto é perfeito. Não há nada a ser melhorado.
9,0 - 9,9 Ótimo. Qualidade excepcional. É difícil, mas não impossível, aperfeiçoar alguma coisa.
8,0 - 8,9 Muito bom. Satisfaz as necessidades do usuário e é bastante superior à média do mercado.
7,0 - 7,9 Bom. Atende bem às necessidades do usuário, embora tenha alguns pontos fracos.
6,0 - 6,9 Médio. Seus pontos fortes superam as falhas e ele atende à maioria das necessidades.
5,0 - 5,9 Regular. Pode ser uma solução satisfatória para alguns usuários.
4,0 - 4,9 Fraco. Embora possa ser útil em algumas situações, o produto tem problemas substantivos.
3,0 - 3,9 Muito Fraco, As falhas são graves, anulando os eventuais pontos fortes.
2,0 - 2,9 Ruim. Não há atrativos a destacar; só pontos fracos.
1,0 - 1,9 Bomba. O produto é tão ruim que é difícil achar utilidade para ele.
0 - 0,9 Lixo. Você não deve aceitar esse produto nem de graça.