Ideos S7 tem hardware equilibrado e Froyo reformado

Hardware é equilibrado, mas duração de bateria desaponta

• 30 de setembro de 2011
Foto: Rafael Evangelista
Avaliação
7.2 /10
699.00 reais
ideoss7slim ideoss7slim ideoss7slim

nossa avaliação

prós Configuração decente para o formato (algo raro). Reconhece vídeos RMVB
contras Grande deslize com saída HDMI (resolução baixa) e versão do Android (mesmo customizada é velha). Outro detalhe importante é que a bateria durou apenas 3:35
conclusão Aparelho com boa interface e configuração mediana. Há altos e baixos

ficha técnica

  • Tela de 7”
  • Qualcomm ARM 7 1 GHz
  • 8 GB + microSD
  • 3G, Wi-fi n
  • 19,9 x 11 x 1,4 cm
  • 458 g
  • 3h35min de bateria

Tags: Huawei, Tablets

Um dos atrativos do S7 Slim é usar a rede 3G para se conectar e telefonar. O seu sistema é um Android para smartphone. A interface personalizada é bonitinha e feita para o uso na horizontal, apesar de ser mais prático segurar o tablet na vertical. Vem com saída miniHDMI, mas não envia sinal em HD para a TV.




A principal diferença entre o Ideos S7 e seus concorrentes de sete polegadas é a interface Surf. Mesmo que o Android escolhido pela Huawei seja o Froyo, é praticamente impossível reconhecer o sistema. Não só pelo aspecto horizontal valorizado, mas pelas cores, formato dos menus e divisão por abas (início, web, entretenimento, comunicações e favoritos) na tela inicial a “cara” desse tablet é única.

O desempenho resultante do casamento da interface com a tela de 7 polegadas e 800 por 480 pixels ficou na média. A sensibilidade não é das melhores, mas não há grandes problemas. A mudança na interface acaba com o problema típico dos tablets com Android 2.1, 2.2 ou 2.3, que é o jeitão de smartphone. Entretanto, a limitação para adicionar widgets mais funcionais e atalhos pode gerar uma frustração grande em usuários mais habituados com o sistema do Google.




O processador ARM 7 de 1 GHz dá conta do recado, mesmo com um único núcleo. Os 512 MB de RAM, mesmo abaixo dos concorrentes, não é um grande problema. O principal ponto negativo é a pobre saída microHDMI. Seu desempenho traz mais frustrações que ganhos. Em alguns aparelhos o tablet não foi reconhecido, em outros, a resolução final foi de 720 por 576 pixels, insuficiente inclusive para exibir toda a área de trabalho do tablet.

A reprodução de arquivos é compatível com os formatos H.264, MPEG4, WMV, RMVB, MP3, PCM, AMR e AAC. O player de mídia tem visual e recursos básicos. Ele exibe capas de discos e traz as opções típicas de reprodução.

O Ideos S7 é equipado com duas câmeras, mas o registro de imagens está longe de ser um de seus atributos positivos. A câmera frontal, com qualidade VGA, serve somente para videochamadas. A principal, com 2 MP, apresenta um resultado tímido e frustrante.

A bateria do tablet é outro grande empecilho. Sua duração de 3 horas e 35 minutos nos testes do INFOlab lhe garantem o último lugar entre os aparelhos testados.

Guia de compras

///

Reviews relacionados

///

E-readers e tablets

PlayBook tem ótimos recursos e praticidade

21/07/2011

Tablet BlackBerry apresenta vários pontos fortes, mas loja peca no número de apps

Review completo »
8.1/10
1800.00 reais

E-readers e tablets

V9 é o tablet com Android 2.1 da ZTE

30/07/2011

Aparelho funciona como telefone, mas tem tela resistiva e processador fraco

Review completo »
6.5/10
999.00 reais

Comentários

///
10 Impecável. O produto é perfeito. Não há nada a ser melhorado.
9,0 - 9,9 Ótimo. Qualidade excepcional. É difícil, mas não impossível, aperfeiçoar alguma coisa.
8,0 - 8,9 Muito bom. Satisfaz as necessidades do usuário e é bastante superior à média do mercado.
7,0 - 7,9 Bom. Atende bem às necessidades do usuário, embora tenha alguns pontos fracos.
6,0 - 6,9 Médio. Seus pontos fortes superam as falhas e ele atende à maioria das necessidades.
5,0 - 5,9 Regular. Pode ser uma solução satisfatória para alguns usuários.
4,0 - 4,9 Fraco. Embora possa ser útil em algumas situações, o produto tem problemas substantivos.
3,0 - 3,9 Muito Fraco, As falhas são graves, anulando os eventuais pontos fortes.
2,0 - 2,9 Ruim. Não há atrativos a destacar; só pontos fracos.
1,0 - 1,9 Bomba. O produto é tão ruim que é difícil achar utilidade para ele.
0 - 0,9 Lixo. Você não deve aceitar esse produto nem de graça.