Qual o melhor tablet de 7 polegadas?

Separamos 4 aparelhos testados pelo INFOlab

• 30 de setembro de 2011
Foto: Tony Maro

Tags: Tablets

O terreno dos tablets de 7 polegadas ganhou diversos representantes. Normalmente equipados com versões de Android para smartphones, esses pequenos ficam devendo recursos quando comparados a seus irmãos com maior tela e Honeycomb, mas podem ser bastante funcionais.

Para os usuários que consideram o tamanho de tela ideal, separamos 4 tablets testados pelo INFOlab e que, sem nenhuma dúvida, merecem atenção. Seja pelo preço baixo, interface redesenhada ou recursos inovadores, a categoria tem produtos para todos os gostos.

Clique nas imagens para ler o review completo



Playbook - Nota 8,1

No fogo cruzado entre o iPad e os tablets com Android, o PlayBook ostenta um atrativo e tanto. Ele traz para esse universo a excelência do e-mail e de outras ferramentas corporativas da plataforma BlackBerry. Mas desde que esteja sincronizado por Bluetooth com um smartphone da marca. Como não tem 3G, o tablet depende de um smartphone, não necessariamente um BlackBerry, para ter acesso à internet em locais sem Wi-Fi. Com tela de LCD de 7 polegadas, o PlayBook gera uma experiência de manuseio prazerosa. O sistema operacional multitarefa é eficiente, com boa interface. Depois de um rápido aprendizado, os gestos sobre a tela para alternar entre aplicações e expandir menus fluem com naturalidade. Nos testes do INFOlab, agradaram o navegador com abas e o suporte a Flash e HTML5, a facilidade para editar arquivos do Office e a saída microHDMI para enviar imagens em 1.080p para a TV. Por enquanto, ele é vendido só por importadores e tem poucos aplicativos. A RIM não está muito bem no mercado, fazendo com que o futuro de seu tablet seja incerto. Mas, por 1.800 reais ele traz recursos de peso e uma interface bastante singular.



Galaxy Tab - Nota 7,9

Com tela de 7 polegadas, TV Digital, Android 2.2 e metade do peso do iPad, o Galaxy Tab, da Samsung, é um tablet que veio morder a fatia dos que desejam se aventurar pelo “novo conceito”, uma mistura de celular com computador, difundido mundialmente pelo novo queridinho da Apple. Por 2.699 (preço desbloqueado e sem subsídios) esse tablet faz várias coisas que o iPad ainda não faz. As principais delas, ligações e TV digital sem a necessidade de um adaptador.

Guia de compras

///

Comentários

///
10 Impecável. O produto é perfeito. Não há nada a ser melhorado.
9,0 - 9,9 Ótimo. Qualidade excepcional. É difícil, mas não impossível, aperfeiçoar alguma coisa.
8,0 - 8,9 Muito bom. Satisfaz as necessidades do usuário e é bastante superior à média do mercado.
7,0 - 7,9 Bom. Atende bem às necessidades do usuário, embora tenha alguns pontos fracos.
6,0 - 6,9 Médio. Seus pontos fortes superam as falhas e ele atende à maioria das necessidades.
5,0 - 5,9 Regular. Pode ser uma solução satisfatória para alguns usuários.
4,0 - 4,9 Fraco. Embora possa ser útil em algumas situações, o produto tem problemas substantivos.
3,0 - 3,9 Muito Fraco, As falhas são graves, anulando os eventuais pontos fortes.
2,0 - 2,9 Ruim. Não há atrativos a destacar; só pontos fracos.
1,0 - 1,9 Bomba. O produto é tão ruim que é difícil achar utilidade para ele.
0 - 0,9 Lixo. Você não deve aceitar esse produto nem de graça.