Vivo vende 3G em contrato pré-pago

Por Felipe Zmoginski, de INFO Online
• sábado, 12 de dezembro de 2009
Divulgação
Modem 3G da Vivo: sem subsídios e conexão pré-paga

SÃO PAULO - A Vivo iniciou, esta semana, a venda de serviços de conexão à web via rede 3G em forma de pacotes pré-pagos, como já acontece com a maior parte dos celulares no Brasil.

O produto, disponível nos 574 municípios onde a Vivo tem redes 3G no Brasil, exige que o consumidor compre por R$ 299 o minimodem da operadora.  Como não há contrato de fidelidade do consumidor, a venda do modem 3G é feita sem subsídios.

A partir daí, o usuário pode comprar pacotes para uso ilimitado do 3G durante prazos como um dia, uma semana ou um mês. Quando o período esgota, o acesso à rede da Vivo é bloqueado.

Dependendo do município, a oferta de velocidade pode ser de até 1 Mbps nominais. Na prática, no entanto, os usuários quase sempre naveguam abaixo da velocidade contratada em redes 3G.

A companhia justificou a criação do 3G pré-pago - que já é oferecido por operadoras rivais, como a TIM - como uma forma de atender ao grande “potencial do segmento pré-pago”.

No mercado de celulares, mostram números da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), mais de 70% dos dispositivos são pré-pagos.

Comentários

///
+Comentadas
+Lidas
Últimas