Ponto extra grátis é demagogia, diz Sky

Por Felipe Zmoginski, de INFO Online
• terça, 28 de abril de 2009
Divulgação
Conversor HDTV da Sky: ponto extra deve ser pago ou grátis?

SÃO PAULO - O presidente da Sky, Luiz Eduardo Rocha, classificou como “demagógica e equivocada” a decisão da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) de proibir as TVs por assinatura de cobrar pelo ponto extra.

Após discussões que se arrastaram na agência desde 2007, a Anatel concluiu que a cobrança do ponto extra é ilegal e decidiu proibi-la.

Assim, as operadoras podem cobrar apenas uma mensalidade por unidade domiciliar, tenha o consumidor só um ponto de acesso ou dezenas de TVs em casa.

A agência prevê ainda o direito de cobrar pelo conversor de sinal do ponto extra, mesmo assim, a cobrança deve acontecer de uma só vez ou num número limitado de parcelas. A Anatel proíbe usar o “aluguel” do conversor como justificativa para, na prática, seguir cobrando pelo ponto adicional.

Rocha disse que a Sky, junto com outras TVs pagas, vai lutar na Justiça para reverter a decisão.

O executivo afirmou ainda que a medida elevará os preços do serviço no país. Para Rocha, quem tem um só ponto em casa vai subsidiar quem tem vários pontos adicionais, já que ambos serão obrigados a pagar a mesma mensalidade.

As declarações de Rocha foram feitas nesta terça-feira (28) num evento organizado pela Sky para apresentar seu novo pacote de TV digital em alta definição.

Comentários

///
+Comentadas
+Lidas
Últimas