Anonymous ameaça expor dados do governo dos EUA

Por Cauã Taborda, de INFO Online
• sábado, 26 de janeiro de 2013

São Paulo - O grupo ativista hacker Anonymous ameaça divulgar documentos confidenciais do governo norte-americano. Citando a morte de Aaron Swartz, o grupo afirma que "chegou a hora de mostrar ao Departamento de Justiça e seus afiliados o verdadeiro sentido de infiltração".

Swartz enfrentou judicialmente multa de 4 milhões de dólares e pena de prisão de até 50 anos, após publicar artigos da base de dados JSTOR. Apesar de o debate sobre veicular material protegido por direitos autorais estar aquecido, o Anonymous decidiu exigir uma resposta mais ágil do congresso.

"O conteúdo é variado e não vamos arruinar a especulação o revelando. Basta dizer, todos têm segredos e algumas coisas não foram feitas para se tornarem públicas. Em um intervalo regular, começando hoje, iremos escolher um veículo de mídia e fornecer pedaços do conteúdo do arquivo" afirma a mensagem do grupo em vídeo.

A página da USSC.org, agência norte-americana responsável por estabelecer sentenças e práticas judiciais, foi adulterada para um formulário editável com o vídeo abaixo. O site foi regularizado, mas está instável.

Segundo o Mashable, documentos também foram anexados à página inicial do USSC.org, com os nomes de juízes da Suprema Corte norte-americana. O Anonymous também ameaça que haverá danos colaterais se as demandas não forem cumpridas.

Comentários

///