Wal-Mart vai parar de vender Kindle, da Amazon

Por Reuters
• quinta, 20 de setembro de 2012
Getty Images

São Paulo  - O Wal-Mart vai parar de vender os tablets e leitores de livros digitais Kindle, tornando-se a segunda grande rede de varejo a interromper a distribuição dos aparelhos da Amazon. A maior rede de varejo do mundo aposta que consumidores estão mais interessados em outros dispositivos.

"Recentemente tomamos a decisão de não mais vendermos tablets e leitores digitais da Amazon além de nosso estoque existente e compromissos de compra", disse o Wal-Mart em um memorando enviado a gerentes de lojas datado da última quarta-feira. "Isso inclui todos os modelos Amazon Kindle atuais e recentemente anunciados."

O Wal-Mart disse que a decisão foi consistente com sua estratégia geral de mercadorias. Apesar da rede superar outros varejistas em vendas gerais, a empresa fica atrás da Amazon e de outras empresas na Internet e tem tentado encorpar seus negócios online.

Consumidores que compram os tablets Kindle, como o Kindle Fire HD, podem adquirir pelos aparelhos mais do que livros digitais, elevando a concorrência da Amazon com lojas.

Uma porta-voz do Wal-Mart confirmou a decisão e disse que a companhia continuará a vender uma ampla variedade de computadores tablet, leitores digitais e acessórios. A Amazon rejeitou comentar sobre o assunto.

O Wal-Mart continua a vender produtos como o iPad, da Apple, e o Nook, da Barnes & Noble.

A decisão do Wal-Mart de parar a venda do Kindle acontece meses após a rede de varejo norte-americana Target parar de vender esses produtos.



 

Comentários

///

Ações high tech

///
Altas
Baixas
Volume
Preço x Volume
  Código Preço Oscilação (%)  
1 NETC4 47.00 9.30
2 TOTS3 35.52 4.04
3 BTOW3 31.19 2.26
4 BEMA3 7.86 1.81
5 MLFT4 1.37 4.58
6 IDNT3 1.60 3.23
7 BAZA3 0.28 7.69
8 INEP4 0.15 7.14
9 TEFC11 0.00 0.00
10 TEFC1 0.00 0.00
Ver todos »