Fundação de Bill Gates busca projetos no Brasil

Por Agência Fapesp
• sábado, 20 de abril de 2013
Reprodução
Projetos bem-sucedidos terão a oportunidade de concorrer a financiamento adicional de US$ 1 milhão

São Paulo - A Fundação Bill & Melinda Gates recebe até 7 de maio inscrições para a 11ª edição do Grand Challenges Explorations (GCE), programa de financiamento para ideias inovadoras e arrojadas para solucionar grandes desafios na área de saúde, agricultura e desenvolvimento.

As propostas podem ser apresentadas por pesquisadores de todo o mundo. No Brasil, o programa conta com parceria da FAPESP e de outras 16 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs). Os projetos brasileiros aprovados terão, além de apoio da Fundação Bill & Melinda Gates, recursos da FAP do Estado do pesquisador.

Nesta chamada, os candidatos devem apresentar novas soluções de impacto global em cinco diferentes temas: O Conceito de Saúde Única: a Convergência da Saúde Humana e Animal na Busca por Novas Soluções; Aumentando a Interoperabilidade de Dados Sociais de Qualidade; Desenvolvimento de uma Nova Geração de Preservativos; Novas Abordagens para Detecção, Tratamento e Controle de Doenças Tropicais Negligenciadas; Inovações que Facilitem o Trabalho de Mulheres em Pequenas Lavouras.

Lançado pela Fundação Bill & Melinda Gates em 2008, o GCE financiou mais de 800 pesquisadores de 52 países. Três brasileiros já foram contemplados. Um deles é o engenheiro mecânico Antônio Ávila, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), por um projeto de fossa sanitária biodegradável. Formada por tijolos que se decompõem no meio ambiente, a fossa se degrada quando está cheia e permite a reutilização do solo para agricultura.

Pesquisadores da Tanzânia receberam financiamento para investigar armadilhas ao ar livre capazes de reduzir o número de mosquitos infectados por malária em áreas endêmicas. Outro estudo contemplado se propõe a pesquisar uma classe de pequenas moléculas capazes de ativar o HIV para que o vírus seja depois destruído por antirretrovirais.

Os selecionados receberão US$ 100 mil da Fundação Bill & Melinda Gates para sua execução, mais um complemento de US$ 50 mil a US$ 100 mil das FAPs parceiras. Os projetos bem-sucedidos com os recursos iniciais terão a oportunidade de concorrer a um financiamento adicional no valor de US$ 1 milhão.

Comentários

///