Que profissão é essa? Cool hunter

Por Talita Abrantes, de EXAME.com
• sexta, 22 de junho de 2012
Getty Images

São Paulo – Antes de um estilo de roupa, um tipo de comportamento ou até uma ideologia cair (de fato) na boca do povo, um grupo de profissionais têm a missão de percebê-los e antecipá-los para as empresas. O nome da profissão não poderia ser mais sugestivo: cool hunting. E a rotina, trabalhosa.

Afinal, na prática, o cool hunter tem, literalmente, a tarefa de “caçar” o que está prestes a virar uma febre. Das passarelas de moda a um assunto mobilizador de uma mesa de bar: tudo pode servir de brecha para um cool hunter captar o que pode virar uma tendência. Fato que exige muita sola de sapato, conhecimento prévio e senso de observação.

Sabina Deweik, do instituto de pesquisas de tendências de consumo Future Concept Lab, sabe bem disso. Formada em jornalismo e com dois mestrados no currículo (um em comunicação da moda e outro em semiótica), ela atua há doze anos como cool hunter. E admite: mais que uma profissão ou um estilo de vida, atuar em cool hunting é uma maneira de ver o mundo. Entenda por quê:

EXAME.com: O que é, de fato, um cool hunter?
Sabina Deweik: Tem uma palavra que usamos muito em Cool Hunting que é "zeitgeist". Em alemão, este termo significa o espírito do tempo. Então, é isso. É como se o cool Hunter radiografasse a alma da cidade.

Então, o cool hunter é um pesquisador que observa em 360 graus o que está acontecendo de novos comportamentos em uma determinada região. Para isso, ele observa várias áreas. Não é só em moda.

EXAME.com: Qual a diferença entre cool hunting e  as pesquisas de mercado tradicionais?
Sabina
: Você faz uma pesquisa da sociedade e não do mercado apenas. Os quatro “Ps” do marketing clássico (produto, preço, lugar e promoção, em inglês) estão se transformando nos quatro “Ps” do marketing relacional pessoas (people), lugares (places), planos culturais (plans) e projetos (projects).

EXAME.com: Como assim?
Sabina: Isso significa que a primeira coisa é observar o comportamento humano. Depois, os lugares - todos os locais podem dar indícios das encarnações de novos comportamentos. As manifestações culturais também têm o poder de captar novas sensibilidades. Por fim, os projetos ou produtos que impactam a cidade. Por exemplo, em São Paulo, a lei Cidade Limpa impactou a maneira como as empresas iriam fazer publicidade.

Comentários

///
+Comentadas
+Lidas
Últimas

Salários

///
Cargo 0-2 anos
Diretor de TI 16.000 - 20.000
Gerente de TI 11.000 - 16.000
Gerente de Projeto 6.000 - 8.500

Whitepapers

///