terça-feira, 29 de junho de 2010 - 21:10

Android 2.2 chega na cola do iPhone 4

O iPhone 4 chegou, mas quem disse que a turma do Google deixou barato? Nesta segunda-feira, aparelhos Nexus One começaram a receber o Android 2.2.

A competição entre os dois sistemas está cada vez mais acirrada, com provocações de parte a parte. A Apple não perde a chance de dizer que o iPhone é mais popular nos Estados Unidos, enquanto o pessoal do Google usa os números para apontar um crescimento absurdo do Android no país. Isso ocorreu durante a apresentação do iPhone 4 por Steve Jobs, no WWDC 2010. Na semana passada, o pessoal de Mountain View deu o troco e anunciou que são ativados 160 mil aparelhos com Android por dia no planeta.

Como já disse antes aqui no blog, acho que é questão de tempo até o Android ultrapassar o iPhone. São múltiplos fabricantes, criando modelos a todo momento, com diferentes configurações e preços. O iPhone 3GS pode custar 99 dólares nos Estados Unidos, mas, em lugares como o Brasil, o valor ainda fica bem salgado. Em comparação, aparelhos bem simples com versões anteriores do Android podem ser encontrados na faixa de 600 reais. As atualizações do sistema do Google também ocorrem com frequência, enquanto a Apple só faz mudanças uma vez por ano.

No Android 2.2, apelidado de Froyo, os desenvolvedores prometeram maior velocidade tanto do sistema no aparelho como do navegador. Há também a possibilidade de transformar o smartphone em um hotspot Wi-Fi, suporte avançado para Exchange, interface mais amigável e novos controles para a câmera, entre outras novidades. Veja algumas delas no vídeo abaixo:

Ao mesmo tempo em que faz o sistema avançar, o frenesi de atualizações no Android tem sido um dos seus calcanhares-de-aquiles. É difícil para os desenvolvedores de aplicativos acompanharem o ritmo das alterações. Alguns dos fabricantes têm demorado para atualizar os seus produtos, o que acaba gerando frustração para os donos de aparelhos. E a multiplicidade de configurações dos modelos também complica a vida de quem quer programas. Mesmo com esses problemas, o Android não para de avançar sobre o iPhone. E agora, applemaníacos?

Categorias

Tags

Comentários

///

Fãs

///
+Comentadas
+Lidas
Últimas