quarta-feira, 6 de julho de 2011 - 11:48

Na mão: os tablets da CCE

Antes do iPad montado na Foxconn em Jundiaí (interior paulista) chegar ao mercado, outro brasileiro deu as caras na Eletrolar Show, feira de eletrônicos realizada em São Paulo entre os dias 5 e 8 de julho. A fabricante CCE Info afirma que o Win Touch é o primeiro aparelho da categoria produzido no Brasil.

A empresa estreou na área com um dispositivo que segue boa parte das últimas tendências, à exceção de uma: o sistema operacional. Ao contrário de boa parte dos tablets, que vêm com Android, o Win Touch tem Windows 7 embarcado.

A aposta da CCE está no costume que o público brasileiro já tem com o sistema operacional da Microsoft. Assim, a transição do PC para o tablet poderia ser mais suave — e possível.

Para rodar o sistema, o tablet conta com processador Intel Atom. Num teste rápido, ele não comprometeu a performance do aparelho, ao contrário da tela. Embora seja capacitivo, o painel de 10,1 polegadas é pouco preciso ao toque.

Um SSD de 16 GB armazena os dados do Win Touch, sendo que sua memória pode ser expandida com um cartão microSDHC de até 32 GB. Para fechar as principais especificações, ele tem câmera frontal de 1,3 MP, acesso à internet por Wi-Fi e Bluetooth.

O acesso à rede 3G ainda não está disponível nessa versão, assim como o teclado da foto acima, que será vendido como acessório e deve chegar às lojas até o fim do ano. O tablet chega antes: em agosto ele já estará à venda pelo preço sugerido de 999 reais.

Biscoito de Gengibre Nacional

Para não ficar apenas com o Windows, a CCE também aposta no Android para outra linha de tablets. Os modelos, ainda em teste, têm algumas diferenças em relação ao Win Touch — a tela, por exemplo, é resistiva. A boa nova é que eles têm a versão 2.3 do sistema operacional do Google. Segundo a CCE, eles podem chegar às lojas até o Natal.

Categorias

Tags

Comentários

///

Fãs

///