segunda-feira, 4 de janeiro de 2010 - 18:29

12 acontecimentos que marcaram a década

Windows 7: comparado com o Windows Vista, o sistema operacional é uma Ferrari. Foi um dos grandes acertos da Microsoft na década

Windows 7: o sistema operacional foi um dos grandes acertos da Microsoft na década de 2000

A primeira década do milênio começou com o estouro da bolha da internet e terminou com o acirramento da disputa entre Google e Microsoft pelo posto de grande império global da tecnologia. Como este é o primeiro post de uma nova década, comento, aqui, 12 acontecimentos dos dez últimos anos que foram importantes para a plataforma Windows e para a Microsoft. Aproveito para desejar um ótimo 2010 a todos.

2000 – Processos anti-monopólio
Em abril de 2000, uma sentença do governo americano declarou que a Microsoft deveria ser dividida em duas para deixar de ser um monopólio. Um acordo aprovado em 2004 evitou a divisão, mas outros processos persistiriam na Europa até o final da década. Executivos da Microsoft evitam reconhecer isso, mas esses processos são uma das razões por que a empresa, no início da década, parou de investir no Internet Explorer e nos aplicativos que fazem parte do Windows. Também contribuíram para que a Microsoft evitasse enfrentar a Apple e outros concorrentes de forma mais agressiva.

2000 – Google Adwords
Ao apresentar seu sistema de anúncios associados a buscas, o Google estava dando o passo decisivo para se tornar um grande império global e o maior concorrente da Microsoft. O Adwords é a galinha dos ovos de ouro do Google. É a principal fonte dos 17 bilhões de dólares que a empresa fatura anualmente.

2001 – Windows XP
É o sobrevivente da década. Nove anos depois de chegar ao mercado, ainda é padrão em muitas empresas. E há muitos usuários individuais que também não abrem mão dele.

2001 – Xbox
Primeira incursão da Microsoft no mercado de consoles para jogos, o Xbox conseguiu competir com sucesso contra os produtos da Nintendo e da Sony.

2004 – Firefox
A Microsoft praticamente abandonou o Internet Explorer depois do lançamento do Windows XP. A turma da Mozilla reciclou escombros do Netscape para criar o Firefox e se deu bem. Hoje, esse browser é responsável por 25% dos acessos à internet feitos no mundo, segundo a NetApplications.

2004 – Ubuntu
O Ubuntu não chegou a arranhar o domínio do Windows no mercado de micros. Mas foi a primeira distribuição do Linux a se impor como padrão nos PCs, facilitando a vida de desenvolvedores, fabricantes e usuários. É a opção mais comum para quem prefere o pinguim às janelas.

2007 – Windows Vista
Em 2008 e 2009, falar mal do Windows Vista tornou-se esporte popular. O fato é que esse sistema operacional de má fama não foi uma catástrofe de vendas, mas marcou o fundo do poço para a imagem da Microsoft junto ao público. A empresa percebeu o perigo e reagiu com campanhas publicitárias e um produto muito mais ao gosto do usuário, o Windows 7.

2007 – iPhone
Sem teclado e sem a canetinha que era, até então, obrigatória nos celulares com tela sensível ao toque, o iPhone transformou o mercado. Sua chegada mostrou quanto o Windows Mobile era antiquado e acelerou a decadência do sistema operacional para smartphones da Microsoft. Junto com o iPhone veio a App Store, que foi copiada por outras empresas, incluindo a Microsoft.

2007 – Asus Eee PC
O Eee PC inaugurou a categoria dos netbooks e pegou a Microsoft de surpresa. Pela primeira vez, a indústria dava marcha à ré na configuração do hardware. O pesado Windows Vista foi barrado na festa. Para competir com o Linux, a Microsoft teve de manter o velho XP vivo e vendê-lo a preços de liquidação aos fabricantes.

2008 – Android
O sistema operacional para smartphones desenvolvido pelo Google e seus parceiros vem se espalhando aos poucos. É o concorrente mais promissor para o iPhone.

2009 – Bing
Depois de apanhar do Google durante uma década no mercado de buscas, a Microsoft finalmente reagiu. A turma de Redmond continua apanhando, mas, com o Bing, mostrou que ainda está no jogo.

2009 – Windows 7
Finalmente a Microsoft conseguiu produzir um sucessor à altura para o Windows XP.

Categorias

Tags

Comentários

///

Fãs

///