DICAS / - Hardware - Monitor


Saiba como usar dois monitores num único micro com apenas uma placa de vídeo

Quem trabalha com edição de imagens e vídeo, programação ou simplesmente costuma usar dois programas ao mesmo tempo certamente já teve o desejo de ter dois monitores. Com isso, é possível usar uma das telas para as ferramentas do software e outra para o principal objetivo do trabalho, seja ele código-fonte, seja uma imagem, seja texto, seja planilha. Até recentemente, para usar dois monitores na mesma máquina, era preciso ter duas placas de vídeo, o que deixava o aparato muito caro. Por sorte, a nova geração de placas já traz o recurso embutido, fazendo com que o custo seja apenas dos próprios monitores. Praticamente todos os modelos com chip GeForce4 Ti (da nVidia) e as ATI Radeon 9000 ou superiores trazem a opção de usar dois monitores.

Só é preciso prestar atenção em um detalhe: apesar de todas essas placas terem dois conectores (um para monitores tradicionais e outro para LCD), nem todas trazem o conversor do conector de LCD (chamado DVI) para o VGA. O ideal é escolher uma já com o conversor, pois ele é muito difícil de encontrar para venda. Também é bom atualizar os drivers de vídeo, o que pode evitar problemas de compatibilidade.

Depois de plugar ambos os monitores na placa de vídeo, é só configurar o Windows (clicando na área de trabalho com o botão direito do mouse e selecionando Propriedades). Primeiro, devemos escolher qual monitor será o principal, clicando na imagem dele. Para isso, é preciso selecioná-lo e depois marcar em Usar Esse Dispositivo como Monitor Principal. Clique na outra tela e marque a opção Estender a Área de Trabalho do Windows a Esse Monitor para permitir arrastar aplicações e janelas para o segundo vídeo. Daí, é só organizar os programas para a nova área livre.




PUBLICIDADE


+ BAIXADOS
[an error occurred while processing this directive]